Imagem da Publicação

1º Concerto Músicos do Contestado (05/2023)

Se era emoção, talento e um espetáculo de encher os olhos que os caçadorenses estavam procurando. Então todos encontraram no 1º Concerto do projeto Músicos do Contestado. Uma noite histórica para os jovens músicos, pais, familiares dos cidadãos homenageados, e demais pessoas que se fizeram presentes para lotar o Teatro da Uniarp na noite de domingo, dia 7 de maio.


O concerto marcou a oficialização das duas bandas sinfônicas que compõe o projeto, que foram denominadas Banda Sinfônica Augusto Francio e Banda Sinfônica Salézio Kindermann, ambos empresários caçadorenses incentivadores do projeto e de tantas outras ações sociais em Caçador, mas que partiram precocemente, deixando um legado de boas atitudes perante a sociedade. 


A noite começou com uma recepção no hall do teatro, onde os convidados puderam observar a apresentação da Orquestra de Flauta no projeto Músicos do Contestado, sob a regência do professor Victor Bilhar. 


Ao adentrar no teatro, um belo cenário esperava pelas apresentações, e o evento foi iniciado com a Banda Sinfônica Augusto Francio. Antes da apresentação, foi convidada a subir ao palco e receber uma placa de homenagem representando a família Francio, a senhora Zilda Brasil Francio. A Banda Sinfônica realizou três números, sob a regência do professor Matheus Altamir Constantini.


Em seguida foi a vez da Banda Sinfônica Salézio Kindermann subir ao palco, regidos pelo maestro Marcos Arcari. E a exemplo do primeiro ato, foi convidada para receber uma placa de homenagem pela família Kindermann, a senhora Brígida Kindermann. A Banda Sinfônica iria realizar nove músicas de um repertório variado, mas a emoção e a animação do público presente não deixou o espetáculo acabar, pedindo “mais um”, e sendo atendidos pelos jovens músicos e seu maestro, que continuaram a apresentação com mais alguns números, levantando a plateia para serem aplaudidos de pé.


Fizeram uso da palavra durante o Concerto, o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Jonatas Maia, representando o prefeito Alencar Mendes. Também o empresário Ilton Rotta, foi convidado para deixar sua mensagem representando todas as empresas que contribuem para a existência do projeto Músicos do Contestado por meio da dedução de imposto de renda, o que gera os recursos para a compra de instrumentos, professores, viagens e todo o aparato necessário para que estes talentos muitas vezes escondidos por falta de oportunidade, pudessem surgir no bairro Martello em Caçador, transformando suas vidas e de seus familiares.


Durante o Concerto, um dos idealizadores do projeto juntamente com o maestro Marcos Arcari, e grande incentivador além de músico, o médico João Gomes, também foi chamado ao palco pelo maestro Marcos, para receber uma placa em gratidão a todo o tempo de sua vida dispensado para que estes jovens músicos pudessem concretizar seus sonhos. Emocionado, o médico João Gomes fez parte das apresentações neste 1º Concerto do projeto Músicos do Contestado.


O Maestro Marcos Arcari encerrou o espetáculo agradecendo a todos. "É muito emocionante ver os pais, os apoiadores, patrocinadores e todas as pessoas aqui presentes, pois entenderam que seus filhos estão seguros fazendo parte deste projeto. Obrigado por confiarem em nós, por confiar a vida de seus filhos para a nossa docência musical, contribuindo para transformar sonhos em realidade. E esperamos que o projeto Músicos do Contestado tenha vida longa em Caçador, assim como já nasceu em outros municípios, para que possamos continuar este lindo trabalho, que não é para nós, mas sim para estas crianças e jovens", declarou o maestro.


O Projeto Músicos do Contestado conta com o apoio do 15º Batalhão de Polícia Militar, Prefeitura de Caçador, Instituto Humaniza, Hotel Kindermann, Arte e Stylo Decorações, Uniarp, Imobiliária Bello, Unoesc, Daniela Tombini, Baú Madeiras, Móveis Rotta, Guararapes, Videplast, Alfa Transportes, Frameport, Adami e Carboni Fiat.



Galeria de Imagens

Compartilhar: